Foz do Iguaçu

Foz do Iguaçu é uma cidade do Estado do Paraná – Brasil, que se encontra em terceiro lugar como o destino nacional mais visitado do país, muito em virtude de lá estarem localizadas as famosas Cataratas do Iguaçu, que, recentemente, foram eleitas nada menos que uma das sete maravilhas naturais do planeta!

SONY DSC
Cataratas do Iguaçu

Quando ir


As Cataratas podem ser visitadas o ano inteiro, sendo que a época mais chuvosa vai dos meses de novembro a março, período em que as quedas d’água ficam com um maior volume, mas a sua cor tende a ficar mais barrosa. Já nos meses de seca, as Cataratas possuem um menor volume de água, entretanto, pela falta da chuva, a água fica mais transparente.

Conversando com algumas pessoas, nós também ficamos sabendo que, nos grandes feriados nacionais, Foz do Iguaçu tem ficado muito cheia, a ponto de se criar filas de carros para entrar no Parque Nacional do Iguaçu e nas demais atrações, o que pode prejudicar, significativamente, o seu passeio. Então, a dica é evitar programar uma visita à cidade nesses períodos de alta, e caso você não tenha outra data, o ideal é que fique o maior número de dias possíveis na cidade, para conseguir aproveitar todas as atrações e não deixar de ver nada! 😉

Quantos dias ficar


A quantidade de dias necessários em Foz do Iguaçu vai depender do que você deseja conhecer. Para visitar todas as atrações que a cidade tem a oferecer e ainda conhecer os seus arredores, como o Paraguai, o mínimo indicado seriam 5 dias inteiros. Mas se a sua intenção for conhecer somente os dois lados das Cataratas e algumas poucas atrações em seu entorno, 3 dias já são suficientes.

Como se locomover


A rede de transporte público em Foz do Iguaçu é bem precária e limitada, e, por este motivo, a melhor opção para se deslocar na cidade é utilizando um carro.

Após pesquisar muito sobre o trânsito de carro nas fronteiras da Argentina e do Paraguai, e ler muitos relatos ruins, nós optamos por não alugar o carro e fechamos todos os passeios com uma taxista. A prática é bem comum na cidade e quase todos os taxistas de lá oferecem esse tipo de serviço com traslado para pontos específicos e com valores pré-fixados.

Nós fechamos o nosso pacote com a taxista Patrícia, que foi indicação de uma prima minha, que a havia conhecido em sua estadia em Foz. A Patrícia é um amor de pessoa e nos recebeu muito bem na cidade, além de ser super profissional e muito pontual em todos os horários marcados. Ela também deu várias dicas pro nosso roteiro, que ajudaram bastante no sucesso da nossa viagem. A quem interessar já sair de sua cidade com os traslados fechados, o contato dela é: (45) 99974-8215 😉

Onde se hospedar


Foz do Iguaçu é um destino com uma grande variedade de opções de hospedagem, que vão desde hotéis mais simples à resorts sofisticados, e o melhor de tudo, com preços muito atrativos.

Caso você possua uma maior quantidade de dias na cidade, acho que vale a pena investir um pouquinho mais e se hospedar em um desses resorts, principalmente se você estiver indo com crianças. A diferença de valores não é tão grande e acredito que o conforto compense. Alguns dos resorts mais famosos na cidade são o Mabu Thermas Grand Resort, o Recanto Cataratas Resort e o Wish Resort Golf Convention.

28663891
Recanto Cataratas Resort (Foto: Divulgação)

Mas, se você tiver pouco tempo na cidade, e todos os seus dias estiverem preenchidos com passeios, você pode optar por ficar em um hotel mais simples, mas nem por isso menos confortável, como o Viale Cataratas Hotel & Eventos, o Tarobá Hotel e o Wyndham Golden Foz Suítes, que, inclusive, foi o nosso escolhido e nos surpreendeu muito por ter um quarto amplo, equipado até com uma mini cozinha, um ótimo atendimento do staff e café da manhã maravilhoso!

19684448
Wyndham Golden Foz Suítes (Foto: Divulgação)
19684458
Wyndham Golden Foz Suítes (Foto: Divulgação)

As Cataratas


As Cataratas do Iguaçu são um conjunto de 275 quedas d’água que desembocam no Rio Iguaçu, mais precisamente no trecho que faz fronteira com o Brasil, na cidade de Foz do Iguaçu, e com a Argentina, na província de Misiones, e são consideradas Patrimônio Natural da Humanidade.

SONY DSC
Cataratas do Iguaçu – lado brasileiro

Visitar as Cataratas do Iguaçu é viver uma experiência de completa imersão na natureza, através de caminhadas em trilhas pelo meio da mata e com a proximidade iminente da imensidão das quedas d’água no Rio Iguaçu.

As Cataratas recebem, anualmente, mais de 1 milhão de visitantes, sendo, grande parte deles, estrangeiros, e são mundialmente reconhecidas pela sua beleza extraordinária, que já foi considerada, inclusive, maior que a da Niágara Falls, no Canadá.

SONY DSC
Garganta del Diablo – lado argentino

Os dois lados das Cataratas, tanto o brasileiro, quanto o argentino, nos proporcionam experiências incríveis e únicas, e, por este motivo, a visita aos dois, na minha opinião, é quase que obrigatória, pois cada lado possui uma perspectiva diferentes das quedas  e no final, um acaba completando o outro, sendo impossível afirmar qual dos dois é o mais bonito e imperdível.

Nesse primeiro post falaremos sobre o lado brasileiro das Cataratas, que ficam localizadas dentro do Parque Nacional do Iguaçu, na cidade de Foz do Iguaçu, e sobre o complexo de atividades nas proximidades do parque, como o Parque das Aves e o Macuco Safari.

Parque das Aves, Parque Nacional do Iguaçu (lado brasileiro das Cataratas) e Macuco Safari


O Parque das Aves fica localizado bem em frente à entrada do Parque Nacional do Iguaçu e eu sugiro que você comece o seu dia por aqui, pois, ao visitar as Cataratas, você irá se molhar, e caso ainda opte por fazer o Macuco Safari, você irá se molhar MUITO! Então, o ideal é que você deixe para visitar o Parque Nacional do Iguaçu depois.

Atualmente, o ingresso para o Parque das Aves custa R$ 40,00 (quarenta reais) por pessoa e funciona de 8:30h da manhã até as 17h.

SONY DSC
Entrada do Parque das Aves

Esse parque não se trata de um zoológico comum, pois ele proporciona a incrível experiência de um contato real com as aves, uma vez que algumas espécies ficam soltas e circulam livremente pelos caminhos do parque, enquanto que algumas outras, como os tucanos e as araras, é possível adentrar em seus viveiros e experimentar um contato bem próximo dos animais e ainda interagir com eles.

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

thumbnail_image1

O Parque das Aves é muito bem cuidado e conservado, além de ser super organizado e muito informativo, mas ele não é muito grande. Nós passamos por todos os viveiros com bastante calma, e conseguimos fazer tudo em cerca de 2 horas ou um pouquinho menos.

SONY DSC
Viveiro das araras
SONY DSC
Não são lindas?

SONY DSC

Após terminarmos de visitar todo o parque, bastou atravessarmos a rua em direção ao Parque Nacional do Iguaçu para o grande encontro com as Cataratas, enfim.

SONY DSC
Parque Nacional do Iguaçu

O passeio pelo Parque Nacional do Iguaçu tem início no Centro de Recepção de Visitantes, que fica localizado logo na entrada do Parque, onde você pode comprar o seu ingresso nas bilheterias ou nas máquinas localizadas ao lado delas, caso ainda não tenha efetuado a compra previamente pela internet, através desse site aqui.

Atualmente, o ingresso custa o valor total de R$ 63,30 (sessenta e três reais e trinta centavos) por adulto, que, além da entrada, também inclui o transporte dentro do parque + uma taxa voluntária para o Fundo Iguaçu.

ingresso.PNG

No Centro de Visitantes você também pode comprar os ingressos para os passeios adicionais do Parque, como o Voo de Helicóptero, Trilha do Poço Preto, Trilha das Bananeiras, Esportes de Aventura e o famoso Macuco Safari, que foi o nosso escolhido, e custou R$ 215,40 (duzentos e quinze reais e quarenta centavos) por pessoa.

Após comprar os nossos ingressos, nós nos dirigimos até um dos modernos ônibus panorâmicos que ficam estacionados alí no Centro de Visitantes e se deslocam pela BR-469 em direção ao interior do Parque. No caminho, vamos contemplando toda a fauna e a flora até a última parada do ônibus, que é onde tem início a trilha para as Cataratas do Iguaçu. Conforme o ônibus vai se aproximando, o som das quedas vai surgindo e  vai aumentando a expectativa…

SONY DSC
Ônibus que se deslocam no interior do Parque
SONY DSC
Trajeto do ônibus

Esse trajeto também possui paradas para os passeios adicionais, então fique atento aos avisos sonoros caso tenha comprado algum daqueles passeios que eu mencionei alí em cima. Por conta de toda molhação, nós preferimos deixar para fazer o Macuco Safari por último, e resolvemos seguir com o ônibus até a parada final para darmos início à trilha.

obs.: Caso você tenha alguma limitação de mobilidade ou esteja viajando com alguém que tenha alguma dificuldade, você pode continuar no ônibus e descer somente no elevador panorâmico, que fica na direção do último e principal mirante das Cataratas.

SONY DSC
Primeiro mirante das Cataratas do Iguaçu

SONY DSC

A trilha que leva até o mirante mais próximo das Cataratas é um caminho de concreto no meio da mata, com alguns poucos degraus, de nível leve a moderado, onde existem diversos outros mirantes para irmos apreciando as Cataratas ao longo do percurso. Esse trajeto tem duração média de 2 horas, se feito completo e com calma, e com muitas paradas para fotos.

No final da trilha, existe uma passarela de observação que chega até bem próximo de uma das maiores quedas d’água, a Garganta Del Diablo, que completa o passeio. O caminho até esse mirante molha bastante, então, caso você não deseje sair de lá ensopado, o ideal é que utilize capas para o corpo e para os aparelhos eletrônicos, se os seus não forem à prova d’água.

SONY DSC

SONY DSC
Impressionante, né?

thumbnail_image2

Após esse último mirante, nós pegamos o elevador panorâmico, que nos deixou bem próximos a praça de alimentação do Parque, onde existe uma lanchonete e o restaurante chamado Porto Canoas.

Em frente a essa praça de alimentação também fica o ponto final dos ônibus que retornam ao Centro de Visitantes, e foi onde embarcamos e seguimos de volta até a parada do Macuco Safari, para fazer o passeio mais aguardado por nós!

macuco-safari-0
Macuco Safari

O Macuco Safari é um tour com duração de cerca de 2 horas, que começa com um tour pelo meio da floresta em um carrinho, que vai até o início de uma trilha, onde iniciamos um trajeto à pé, em direção a tão esperada estação dos botes. A trilha é feita sobre uma passarela de ferro, com alguns poucos degraus, e levamos cerca de 15 (quinze) minutos para percorrer todo o percurso.

Há também a opção de seguir direto no carrinho até a estação final dos botes, o que eu não recomendo, pois pela trilha nós já vamos entrando no clima “jungle” do passeio e a expectativa para o nosso quase “rafting” no Rio Iguaçu fica ainda maior.

thumbnail_IMG_20170429_163027657_HDR

Para fazer o passeio de bote pelo Rio Iguaçu, você tem a opção de embarcar em um bote que te leva sob uma das quedas d’água das Cataratas, ou, caso você não queira se molhar tanto, também tem a opção de ir em um bote que vai somente até bem próximo das quedas e depois retorna.

thumbnail_IMG_20170429_162949617_HDR

É CLARO que nós escolhemos o bote que passa debaixo das quedas e realmente não temos palavras para explicar tudo que sentimos! Só posso dizer que o passeio é uma experiência única e imperdível, e que saímos de lá de corpo e alma lavados, literalmente! rs

thumbnail_IMG_20170429_163345119
Chegando em uma das quedas

thumbnail_IMG_20170429_163432723

Há também quem conjugue a visita às Cataratas com outras atrações nas redondezas, como o Museu de Cera Dreamland e o Parque dos Dinossauros, mas nós optamos por não fazer esses passeios pois tínhamos acabado de visitar o Madame Tussauds de Los Angeles, e o Parque dos Dinossauros, pelas informações que recebi, parece ser bem infantil. Mas talvez seja uma boa opção caso você esteja viajando com crianças e pode ser que a visita valha a pena!

No próximo post falaremos sobre o lado argentino das Cataratas do Iguaçu! Espero que tenham gostado e até lá! :*)

Um comentário em “Foz do Iguaçu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s